Eu entendo seu papel na minha vida

Você me trouxe inspiração. Ou me ensinou a acreditar em mim mesma. Ou me ajudou a ver a vida de outra forma. Me deu força quando eu precisei.

Quem não se identifica com uma dessas frases, é porque provavelmente nunca viveu um grande amor. E grandes amores, diferente do que muitos pensam, não são necessariamente aqueles que “duram para sempre”. Dar certo não precisa significar um casamento, filhos, uma velhice juntos. Dar certo pode ser apenas por um prazo, seja de meses, ou anos, ou décadas.

Muitas de nós precisam acreditar no mito do amor romântico para sobreviver. Aquele amor de filme, de comédia romântica. Com um “felizes para sempre no final”. E por isso muitas vezes deixamos de ver que um romance, mesmo quando termina, pode sim ter sido uma “grande e inesquecível história”.

Mas então, se não é para ser pra sempre, para que serve o amor?

O amor serve para a gente crescer. O mais importante de cada relação amorosa, de cada história bonita que se vive com alguém, é aquilo que se sente e se aprende. Cada uma delas é especial e sagrada. São oportunidades para curtir tudo de bom que o parceiro nos oferece, e também de refletir sobre os erros, para não carregá-los para outras relações.

Cada um, a seu modo, contribui para aquilo que você se torna. Para quem você é.Por isso hoje eu digo, para todos os meus amores, dos grandes aos pequenos: “Eu entendo o seu papel na minha vida. Obrigada”.

 

Saiba mais sobre o blog Falando da Vida aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *