Aproveite sua liberdade

Um dia uma menina disse para a outra: “pare de se preocupar em entender! Hahahaha! Se a gente entender a gente mesmo já é uma baita vitória”. (ela se referia a entender os homens).

Essa menina está certa? Não sei. O Blog Falando da Vida, como grande apaixonado por entender a mente das pessoas, discorda um pouco. Por outro lado, o blog acha que ela tem uma certa razão.

Mas, por quê? Esse blog é bipolar?

Evidente que NÃO.

Mas pensem bem. Nós passamos boa parte de nossas vidas tentando entender os outros, agradar, sermos certinhos, tendo preocupação com quem está a nossa volta (especialmente em relacionamentos mais firmes, como noivados e casamentos). E o que ganhamos em troca muitas vezes? Nada. Ou quase nada. Ou bem menos do que tínhamos expectativa de ganhar (e aí a culpa é nossa né, ninguém mandou criar expectativa), ou até ganhamos muito, mas aquilo em algum momento para de nos realizar.

Aí acontece um momento importante na nossa vida e muda tudo. A gente percebe que nada disso tem tanta importância, passa a dar mais valor para a nossa própria vida, e nossa liberdade (Aproveite sua liberdade, como diz o título do texto). E conhece pessoas que pensam da mesma forma. E descobre que é possível ser feliz assim também. E que ser feliz sozinho, sem se preocupar tanto com os outros, também tem suas vantagens (claro que guardado as devidas proporções né, ninguém está falando em ficar isolado em uma ilha).

A partir daí, podem surgir novas configurações sobre a vida que levamos: ficar solteiro, ficar solteiro e pegar geral, não se relacionar com mais ninguém e ser assexuado (sim, isso existe) ou qualquer outro tipo de coisa. Existem milhares de possibilidades, e todas elas levam para o mesmo resultado: não tentar entender nada, apenas VIVER A VIDA.

Sim, porque como disse a menina: se a gente se entender, já é lucro, rs. (às vezes nem isso é extremamente necessário, mas realmente essa parte parece ser a melhor de todas).

 

Saiba mais sobre o Blog Falando da Vida aqui.

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *